Especulações e Saídas clique aqui

Membros do STJD não acreditam em irregularidade no caso Clayton

18/11/2019 às 23h25 - FUTEBOL

Enquanto a bola rolava hoje (18) para a partida entre Vasco e Goiás, em São Januário, terminada em 1 a 1, o jornalista Paulo Vinícius Coelho informava, na Fox Sports, sobre os boatos de uma possível irregularidade do atacante Clayton pelo Cruzmaltino, o que indicava, inclusive, a possibilidade de perdas de pontos do clube no Campeonato Brasileiro. O UOL Esporte, porém, ouviu algumas das partes diretamente envolvidas na questão e concluiu que os cariocas se mostram tranquilos juridicamente em relação à situação do atleta.

Equipes que brigam contra o rebaixamento conversaram entre si e levantaram a suspeita sobre Clayton em função do jogador ter atuado dia 28 de julho, pelo Bahia, contra a Chapecoense. Em seguida, ele retornou de empréstimo para o Atlético-MG - que detém seus direitos econômicos - e foi relacionado pelo Galo para as partidas contra o Athletico-PR e o próprio Bahia. Porém, apesar de ter assinado as súmulas, ele não entrou em campo em nenhuma delas e não foi advertido com nenhum cartão.

Na sequência, o Atlético-MG o emprestou ao Vasco e o atacante atuou, até o momento, em sete jogos.

O Cruzmaltino, porém, garante ter consultado a CBF antes de finalizar o contrato e o registro de Clayton, o que o deixa tranquilo quanto ao caso. O clube se escora, principalmente, nos artigos 43 e 46 do Regulamento Geral de Competições para garantir que a situação só poderia ser considerada irregular caso o jogador tivesse entrado em campo pelo Atlético-MG, o que configuraria que ele teria atuado por três times diferentes na Série A.

Além do Vasco, o UOL Esporte ouviu ao menos cinco pessoas envolvidas diretamente com o STJD, entre membros da cúpula e auditores. Todos lembraram de casos recentes que suscitaram o mesmo tipo de dúvida e reforçaram a mesma conclusão: somente o fato de entrar em campo por três clubes poderia gerar punição.

Outro fato garantido por estas pessoas é o de que a volta de empréstimo de Clayton do Bahia para o Atlético-MG não configura uma nova transferência.

Fonte: UOL Esporte