Nelson Rocha quer que o Vasco tenha 100 mil sócios nos próximos 3 anos

06/05/2009 às 06h17 - CLUBE

Declarações do vice-presidente de finanças do Vasco, Nelson Rocha, ao programa \"Só Dá Vasco\" desta 3ª-feira (05/05):

ACESSO A SÃO JANUÁRIO E OUTRAS SEDES
\"O objetivo é de facilitar o torcedor que, no final das contas, é um consumidor. Como se a gente estivesse estendendo um tapete vermelho, para que ele pudesse ter o acesso mais facilitado. A gente vai dobrar esse tapete vermelho, sobretudo para os sócios do Vasco. O programa está em vias de ser colocado no ar. O torcedor e sócio do Vasco terá ainda mais privilégios. A nossa expectativa é que com esse novo programa de sócios, a gente possa ter um número muito maior de sócios. Tem dois aspectos que são importantes nessa questão do novo programa de sócios. Primeiro, é a gente - isso é que é o valizador, o grande pilar da nossa gestão - atrair de volta o sócio para o clube, porque o Vasco, na realidade, é de cada um de nós. Fazer com que o torcedor não simplesmente vá aos jogos, mas que possa conviver, estar mais presente no clube. Isso obviamente tem aspectos que são positivos, do ponto de vista de geração de receita. Mas a nossa principal bandeira é fazer com que o sócio e torcedor vascaíno possa voltar a frequentar o Vasco em todas as suas dependências. Inclusiva a da Barra, porque o Vasco Barra é basicamente utilizado para o futebol, mas o nosso objetivo é que lá também os sócios que têm acesso e podem estar utilizando as dependências, hoje praticamente não utilizam. A nossa ideia é uma ampliação. O nosso objetivo é fazer também do Vasco Barra uma unidade que seja auto-sustentável, e que os próprios sócios da Barra da Tijuca... E aí vai um recado para os vascaínos do Recreio, da Barra, de Jacarepaguá. Vamos nos tornar sócios do Vasco, para ajudar, a gente manter lá o Vasco Barra, manter todas as dependências. O vascaíno e sócio do Vasco ainda vai ter mais regalias, no sentido de ter todo um tapete vermelho estendido para ele, para poder comprar o ingresso, ter o acesso a todas as vantagens que o clube oferece.\"

AJUDAR O VASCO
\"Eu queria conclamar a todos os vascaínos para dizer o seguinte. Não adianta só a nossa diretoria. Não adianta as pessoas terem vontade. É preciso que todos nós nos unamos. É preciso que todos nós, juntos, vascaínos, consigamos recuperar o Vasco, de toda forma. Às vezes, a gente fica pensando assim... Eu frequentei muito a arquibancada, quando mais jovem, no Maracanã, frequentei muito tempo a arquibancada. A gente se sentia mais um na multidão. Às vezes, a gente pergunta assim \"Como é que eu posso ajudar? O que eu posso fazer para ajudar o Vasco?\". A primeira coisa é, com essa nova campanha de sócio, se tornar sócio do Vasco. Vai ser um valor barato, para que todo mundo possa pagar. Vai ter a carteirinha, vantagens para a compra de ingresso. Associe-se ao Vasco. Quer ajudar? Associe-se ao Vasco. Compareça ao estádio. Vamos fazer o estádio de São Januário virar um caldeirão de fato, para que a gente possa ter as vitórias que nós precisamos para o clube voltar à Série A, mas também que a gente possa ajudar o clube a se recuperar financeiramente. Essa não é uma tarefa minha exclusiva.\"

\"Eu queria aproveitar para conclamar todos vocês. Essa tarefa de recuperação do clube não é uma tarefa minha sozinha, não é do Roberto - de um ponto de vista financeiro -, não é da diretoria. É de todos nós, de todos os vascaínos. Nós precisamos que vocês nos ajudem também a recuperar o clube.\"

PAPEL DAS TORCIDAS ORGANIZADAS
\"O grande patrimônio do Vasco é essa torcida imensa. Não é apenas um trabalho dessa diretoria. É um trabalho de todos nós, de todos os vascaínos. Precisamos estar juntos. As torcidas vão ser o grande fiel da balança nessa campanha que a gente vai lançar dos sócios. As torcidas têm um compromisso. Não é com essa diretoria ou com qualquer diretoria. Têm um compromisso com o clube. A gente precisa fazer com que o clube se renove, consiga renascer das cinzas. Para renascer das cinzas, podem ajudar, sim, cada um, cada vascaíno individualmente. E, sobretudo, as torcidas, porque têm um poder, uma relação com os seus associados, e podem ajudar para que esses associados pertençam ao quadro de sócios, seja na modalidade de sócio torcedor, que é um valor barato. A pessoa vai poder também estar comprando o ingresso mais barato, tudo isso. Vão poder nos ajudar sobremaneira. Eu queria novamente reforçar para todos os chefes de torcida organizada, que nos ajudem nesse trabalho de recuperação do Vasco.\"

SÓCIOS INADIMPLENTES
\"Isso tudo vai estar sendo lançado com a campanha. Já tem uma posição. Eu não quero me antecipar, obviamente. A campanha vai estar sendo lançada, a gente espera que na semana que vem. Pode ser que ainda seja essa semana, mas tem um problema de agenda. Mas vai estar sendo lançada a campanha dos sócios. Obviamente que o nosso objetivo é de preservar os sócios. Vai ter uma sistemática que será adotada. Todos conhecerão, seja na próxima quinta-feira, se houver agenda para isso, ou na semana que vem.\"

OLAVO MONTEIRO DE CARVALHO, PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA GERAL
\"O Olavo foi uma figura fantástica nesse processo dos sócios, porque ele tomou para si. É uma pessoa que também tem inúmeros afazeres, um empresário bastante conhecido aqui no Rio e no Brasil. Mas ele tomou para si essa responsabilidade de fazer com que esse programa pudesse ser colocado no ar. Não mediu esforços, pegou o tempo todo, foi lá, correu atrás, e a gente vai estar lançando. Já no meio do caminho, o Fábio Fernandes, que é o vice de marketing, entrou também, participou do processo. O Fábio é uma pessoa que tem uma experiência fantástica na área de marketing, de publicidade. Ele caminhou junto, opinou, e no final também algumas coisas da campanha. Ontem mesmo nós estávamos discutindo com ele no telefone, em uma reunião que nós estávamos para fechar todo o processo da campanha. Ele também acabou auxiliando sobremaneira no final. Mas o Olavo foi o grande articulador, a pessoa que pegou essa campanha, para ela estar na rua agora.\"

100 MIL SÓCIOS EM TRÊS ANOS
\"Eu tenho uma expectativa. Eu queria dividir isso com os vascaínos. Acho que o momento de dificuldade do Vasco faz com que a gente una forças. Eu tenho certeza que cada vascaíno vai nos ajudar nesse processo, para que a gente possa trazer de volta o Vasco para o seu lugar de destaque, para o lugar que ele merece estar. Para isso, é preciso que cada um ajude, que participe nessa campanha de sócio. A gente precisa muito. Eu tenho uma expectativa que a gente possa botar pelo menos, não no primeiro momento, mas que a gente possa colocar pelo menos uns cem mil sócios nos próximos três anos no Vasco da Gama. Isso daria uma renda significativa, um recurso significativo para o Vasco poder voltar a estar em um patamar adequado, do ponto de vista financeiro. Então, vascaíno, ajude o Vasco, porque nós precisamos. Não é essa diretoria. O Vasco precisa da sua ajuda agora. Como os portugueses, que assim quando chegaram, montaram aquele clube com o seu esforço, ergueram São Januário com recursos próprios, o seu esforço pessoal e o seu suor. Hoje é a hora dessa geração fazer o mesmo, para que a gente possa ter de novo o Vasco em um lugar de destaque.\"

Fonte: Netvasco