Paulo Angioni minimiza escassez de reforços

23/12/2006 às 22h54 - FUTEBOL

O Vasco é, até o momento, o clube carioca que menos se reforçou para a próxima temporada. Apenas três jogadores - o apoiador Elias, o lateral-direito Eduardo e o atacante Alessandro - foram contratados. Mas o novo superintendente de futebol cruzmaltino, Paulo Angioni, acredita que o time em si não é o mais importante. Para ele, fundamental é resolver primeiro os problemas extra-campo do clube.

- Gosto muito do projeto, não do campo, que é relativo. O futebol não é ciência exata. O grande projeto a ser feito hoje é encontrar formas de angariar mais receitas ao futebol para suprir as necessidades. Na parte do campo, o Brasil é forte demais. Todos os problemas que o Vasco tem fora de campo não se traduzem dentro dele. Um exemplo foi o Brasileirão de 2006 - comenta o dirigente em entrevista à Rádio Tupi.

Fonte: GloboEsporte.com