Situação de Fredy Guarin no Vasco está perto de ser resolvida

07/07/2020 às 08h26 - FUTEBOL

A situação do colombiano Fredy Guarín no Vasco está perto de ser resolvida. Para o bem ou para o mal. Ainda sem se apresentar para treinar com o elenco – o que estava programado para acontecer na última semana -, o meia tem seu futuro incerto no clube. Mas uma reunião nos próximos dias entre o representante do jogador e o clube deve selar o seu destino, seja ele ficar em São Januário ou se desligar do Gigante da Colina.

Uma reunião da cúpula do futebol cruz-maltino na última segunda-feira já tratou sobre o assunto, mas ainda é esperado um encontro com o empresário do atleta e o próprio para os próximos dias. O objetivo por parte do Vasco é convencer Guarín a ficar no clube. O jogador tem passado por problemas pessoais – a separação da sua esposa, que foi embora do Rio de Janeiro com os filhos – e cogita um retorno a Colômbia. O clube, inclusive, não descarta a possibilidade de liberar o atleta para passar mais um período em seu país natal, para depois retornar ao treinos com o elenco.

Toda essa questão, no entanto, justifica o que o técnico Ramon Menezes disse sobre o meia em entrevista coletiva após a vitória sobre o Madureira, na última quinta-feira.

– Falar da qualidade e da importância não preciso nem falar, mas ele tem que estar de corpo e alma aqui no Vasco. (Precisa) trabalhar, procurar recuperar toda sua parte física, porque parte técnica ele tem de sobra, e a gente conta com o Guarín – afirmou Ramon.

CLUBE TEM DADO SUPORTE PSICOLÓGICO

Além de sua situação particular, Guarín está insatisfeito com os salários atrasados no clube e especificamente descontente com o presidente Alexandre Campello. Mas o que estaria pesando mesmo para o colombiano seria sua vida pessoal, por mais que o Vasco esteja dando apoio psicológico ao jogador.

Em vídeo divulgado na última sexta-feira, a Vasco TV mostrou a reação de Guarín a homenagem feita pelo clube no seu aniversário, com mensagens de vários ex-companheiros e amigos do jogador. Visivelmente emocionado, o atleta agradeceu ao carinho do clube.

– Fizeram deste dia muito, muito especial por muitas coisas. Hoje estou sozinho aqui, mas vocês me fizeram sentir em família. De coração, muito obrigado. Obrigado a todos – afirmou Guarín com lágrimas nos olhos.

Esse carinho entre clube, jogador e torcida é um dos trunfos do Vasco para tentar a permanência do atleta, que, inclusive, fez uma tatuagem da cruz de malta no braço após acertar a sua permanência no Gigante da Colina. Na noite último domingo, Guarín deu mais uma demonstração de afeto pelo clube ao visitar São Januário de surpresa. O próprio jogador divulgou imagens dessa visita em uma “live” no Instagram.

O início das atividades físicas de Guarín no clube estava marcado para a última terça-feira, mas o meia pediu autorização para não comparecer. Após passar um período na Colômbia, também com liberação do clube, o meia retornou ao Rio de Janeiro no dia 21 de junho. Desde então vem se recondicionando em casa, com o acompanhamento de profissionais do Vasco, evitando assim o risco de contaminação por coronavírus.

Guarín foi contrato no meio de 2019, se destacou pela qualidade técnica e logo caiu nas graças da torcida. Fez três gols em 12 jogos na última temporada. Depois de uma longa negociação, que envolveu a quitação de salários atrasados, seu contrato foi renovado por duas temporadas em fevereiro deste ano.

Fonte: Esporte News Mundo